A História do Alfajor


A história do alfajor, o doce mais tradicional da Argentina tem origem na cozinha árabe. O doce nasceu em Andaluzia, e seu nome vem de “al-hasu”, que em árabe significa recheado. Originalmente produzido com amêndoas, mel e avelãs, chamou-se também alaju, e chegou às ruas espanholas como alfajorNo século XVIII, em Córdoba, nos conventos e casas religiosas, mãos habilidosas preparavam entre outros doces um biscoito de formato quadrado, unidos entre si por doce de leite e cobertos de açúcar, era chamado de tableta.
O pioneiro dos alfajores argentinos foi, em 1869, D. Augusto Chammás (químico francês que chegou em 1840) que inaugurou uma pequena indústria familiar dedicada à confecção de doces e outros confeitos.


Ficou com água da boca?Então confira uma receitinha muito gostosa de alfajor!

Ingredientes:

2 colheres (chá) de essência de baunilha1 colheres(chá) de fermento em pó500 gramas de amido de milho150 gramas de farinha de trigo300 gramas de manteiga220 gramas de açúcar2 ovos4 gemas

Recheio: Doce de leite a gosto

Cobertura: Açúcar de confeiteiro (opcional)

Modo de Preparo:
Peneirar a farinha com o amido de milhoe o fermento. Reservar. Misturar o açúcar com a manteiga, os ovos, as gemas e a essência de baunilha. Juntar as duas misturas. Com a ajuda de um rolo, abrir a massa sobre uma mesa enfarinhada. Cortar círculos de 4 cm de diâmetro. Assar em fôrma untada e enfarinhada, com o forno em temperatura baixa. A massa está no ponto quando levantada com a ponta da faca e ela se soltar inteira. Deixar esfriar e rechear com o doce de leite. Ao invés de usar como cobertura o açúcar de confeiteiro, pode-se usar coco ralado ou uma cobertura de chocolate.

Fonte: livro de receitas.com

Um comentário:

Michele disse...

Suuuper deliciaaaaa


AMEI !!!!